App ContraCovid criado por pesquisadores da UFRB é destaque no Univerciência

{youtube}jPg-AtZV-yc{/youtube}

Neste sábado (28) o programa Univerciência vai mostrar os estudos que continuam sendo feitos para combater o coronavírus e um dispositivo para celular que ajuda pessoas com suspeita ou diagnóstico da Covid-19. O programa traz também um estudo de defesa para as plantas e controle de pragas, e uma pesquisa sobre as funções da própolis vermelha. No‌ ‌ar‌ ‌pela‌ ‌TVE‌ ‌aos‌ ‌sábados,‌ ‌às‌ ‌14h30,‌ ‌o‌ ‌programa‌ ‌tem‌ ‌horários‌ ‌alternativos‌ ‌às‌ ‌segundas-feiras,‌ ‌às‌ ‌20h,‌ ‌e‌ ‌quartas-feiras,‌ ‌às‌ ‌7h30.‌

Após mais de um ano de pandemia, a ciência continua trabalhando para entender e combater o coronavírus. O programa vai mostrar um estudo inédito, feito pela Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), em parceria com a Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) e Organização Mundial da Saúde (OMS), em que os cientistas mostram a importância da realização de testes para a identificação da Covid-19 em pessoas sem sintomas. A pesquisa foi desenvolvida entre abril e maio de 2021, através de testes para detecção do coronavírus em pessoas assintomáticas, em locais de grande movimentação, utilizando a metodologia de sequenciamento do RNA viral para encontrar caracterizações genéticas do vírus.

Ainda sobre a pandemia causada pelo coronavírus, o Univerciência vai mostrar um dispositivo criado por cientistas da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), que auxilia pessoas com suspeita ou diagnóstico da Covid-19 a monitorar o progresso dos seus sintomas ao longo dos dias. Os usuários do aplicativo dispõem de informações detalhadas sobre o histórico dos seus sintomas para fornecer à equipe médica. Utilizando inteligência artificial, o aplicativo para celulares é gratuito e coleta dados da frequência respiratória, sendo capaz de indicar se um paciente com Covid-19 deve procurar um hospital.

No meio ambiente, os seres vivos desenvolvem maneiras de evitar ataques externos. Não somente os animais, as plantas também possuem esses mecanismos de proteção, a exemplo de espinhos, substâncias tóxicas, cheiros repelentes, entre outros. O programa vai exibir a análise da raiz da mandioca, feita por pesquisadores da Universidade Federal de Sergipe (UFS), que descobriram novas formas de defesa para as plantas. Escolhida para ser analisada pela importância que ela tem no estado de Sergipe, os cientistas descobriram que a mandioca, quando é atacada por alguns ácaros, produz diferentes misturas de compostos voláteis, que podem ser atrativos ou não para esses predadores. O estudo pode ajudar no controle biológico dessas pragas.

Ainda na edição do sábado, o Univerciência vai mostrar a parceria entre universidades públicas de Alagoas, que deu origem a um projeto que estuda as funções da própolis vermelha, criada pelas abelhas após coletarem uma seiva vermelha nos galhos da árvore, conhecida popularmente como rabo de bugio, muito comum no estado de Alagoas. O projeto faz parte do rol de pesquisas desenvolvidas pela Universidade Estadual de Alagoas (UNEAL), em parceria com o Instituto Federal de Alagoas (IFAL) e a Universidade Federal de Alagoas (UFAL). O objetivo é estudar as funções da própolis vermelha, a função bactericida ou bacteriostática e avaliar a atividade antimicrobiana da própolis vermelha.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre as universidades e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

Onde assistir

Sábado, 28/08, às 14h30, no canal do Youtube da TVE.

Segunda, 30/08, às 10h, no canal do Youtube da TV UFRB.

Source: UFRB
{$inline_imageX}