Game educativo, gel contra venenos e Atlas da Covid no Univerciência

{youtube}1YcT6CpYCAA{/youtube}

Game educativo, um gel para o tratamento de envenenamentos, Atlas da Covid para prevenção e controle da doença e um projeto de preservação e assistência técnica na Chapada Diamantina são temas abordados do Univerciência deste sábado (2). O programa vai ao ar‌ ‌pela‌ ‌TVE‌, sempre ‌aos‌ ‌sábados,‌ ‌às‌ ‌14h30,‌ com ‌horários‌ ‌alternativos‌ ‌às‌ ‌segundas-feiras,‌ ‌às‌ ‌20h30,‌ ‌e‌ ‌quartas-feiras,‌ ‌às‌ ‌7h30.‌

O EcoDivertidos é um game educativo desenvolvido por alunos do Instituto Federal da Bahia (IFBA), campus de Vitória da Conquista, para promover a responsabilidade social e ambiental na formação cidadã do indivíduo. O game ensina de forma lúdica para crianças e adolescentes temas como preservação de meio ambiente, uso consciente da água e da energia elétrica. O jogo tem um personagem principal que é lançado a diferentes desafios, através de fases que devem ser cumpridas pelo jogador. Ao completar as fases o jovem irá aprender a cuidar do meio ambiente e as consequências de não fazê-lo. Os conceitos de preservação e de conscientização são transmitidos nos joguinhos, usando como pano de fundo a cidade de Vitória da Conquista, na Bahia.

Uma pesquisa desenvolvida no campus de Itabaiana, da Universidade Federal de Sergipe (UFS), trouxe dados sobre a situação da Covid no Estado, que registrou em julho deste ano menores aumentos absolutos e percentual de infecções. Os estudos resultaram no “Atlas da Covid-19” que analisou também os dados relacionados à covid-19, como disseminação e taxas de óbito, nos demais estados brasileiros, além do resto do mundo. Uma das conclusões é que nos países e regiões em que os recursos para a ciência são maiores, os índices relacionados à covid-19 estão menores. Outro aspecto apontado nos estudos diz respeito aos efeitos positivos conquistados por países que avançaram na vacinação.

O Univerciência vai mostrar também uma alternativa terapêutica para tratamento de envenenamentos por animais peçonhentos. O telespectador vai conhecer o trabalho de um pesquisador da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) que desenvolveu formulações semissólidas (géis), que pode ser aplicado diretamente no local da picada, alternativa mais acessível e rápida de tratamento antiofídico que poderia, por exemplo, servir para que o paciente ganhe tempo até chegar ao centro de referência mais próximo, ou após a soroterapia como um complemento, para diminuir o risco de sequela.

Ainda nesta edição o programa vai mostrar o projeto Canteiro Modelo de Conservação – ações de salvaguarda e conservação do patrimônio cultural de Igatu, localizada na Chapada Diamantina, na Bahia. Desenvolvido pela Faculdade de Arquitetura da Universidade Federal da Bahia (FAUFBA) em parceria com o Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional (Iphan), o trabalho atua em três frentes: o escritório experimental, que propõe projetos de melhorias habitacionais; a oficina experimental, que promove atividades educativas para valorização das técnicas tradicionais de construção; e o laboratório experimental, que desenvolve pesquisas para soluções em saneamento e redes de distribuição e armazenamento de água.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de ensino de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre universidades, institutos e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras, das universidades e dos institutos na Internet.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *