Revista Trilhos abre chamada para publicação até dia 15 de abril

A Revista Trilhos, periódico interdisciplinar semestral editado pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT), da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), abre chamada de trabalhos para a publicação do segundo número, até o próximo dia 15 de abril.

A próxima edição tem como tema “Mobilidade, controle e resistência: Jornadas e inclusões diferenciadas” e recebe artigos científicos e trabalhos não-acadêmicos que apresentem possibilidades de fluxos interdisciplinares na cultura, na arte e na ciência.

A Revista Trilhos busca contribuições significativas e críticas sobre o pensamento social, cultural, artístico, científico e tecnológico, bem como seus relatos de experiências sobre processos criativos e metodológicos. São publicados artigos, ensaios, resenhas, entrevistas, traduções, experiências em artes e literaturas, ensaios fotográficos, relatos de campo e de processos artísticos inéditos e originais.

Confira as instruções de submissão: https://revistatrilhos.com/home/index.php/trilhos/about/submissions.

Conheça a Revista em https://revistatrilhos.com/home/index.php/trilhos.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB seleciona bolsistas para grupos PET socioambientais, agronomia e cinema

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), por meio da Pró-Reitoria de Graduação (PROGRAD), abre as inscrições para seleção de bolsistas para os grupos PET Agronomia, Cinema, e Socioambientais

Para o PET Agronomia são ofertadas duas vagas e as inscrições podem ser feitas de 25 a 29 de março. A documentação necessária e os requisitos estão expressos no Edital de Seleção.

O PET Cinema está oferecendo duas vagas e as inscrições devem ser feitas por meio de formulário online até o dia 30 de abril. Mais informações no Edital de Seleção.

O PET Socioambientais está ofertando três vagas para estudantes dos cursos de Engenharia Florestal ou Medicina Veterinária ou Tecnologia em Agroecologia ou Tecnologia em Gestão de Cooperativas. A inscrição ocorre no período de 29 de março a 07 de abril. Informações sobre a seleção estão no Edital de Seleção.

Confira os editais:

Edital PET Agronomia

Edital PET Cinema

Edital PET Socioambientais

Mais informações em ufrb.edu.br/pet

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Software oferece recomendações de calagem e adubação agrícola

Um sistema desenvolvido pela Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) em conjunto com a Embrapa oferece, por meio de uma interface simples, prática e de fácil manuseio, recomendações de calagem e adubação para o cultivo de mandioca e de diversas fruteiras (abacaxi, acerola, banana, laranja, tangerina, limão, mamão, manga e maracujá), podendo ser adaptado a qualquer cultura.

Com o software AdubaTec, produtores e técnicos podem obter por conta própria e de forma gratuita a quantidade adequada de nutrientes que deve ser aplicada no solo com base nas características do seu plantio. Basta preencher os campos no aplicativo web com dados da análise química do solo e informações como sistema de cultivo, estágio de produção, clima e produtividade esperada para obter as quantidades de calcário e as recomendações, principalmente de nitrogênio, fósforo e potássio, necessárias para a cultura selecionada. 

Além da grande abrangência de cultivos, o principal diferencial da ferramenta em relação às similares é a possibilidade de incorporação de recomendações de novas culturas. Isso é possível apenas com o cadastro das regras sob o conjunto de variáveis de plantio predefinidas pelo próprio administrador, sem modificar o código do sistema, ou seja, dispensa a necessidade de um especialista de tecnologia da informação para modelar os dados.

A ferramenta possibilita, assim, que um maior número de produtores tenha acesso a recomendações de calagem e adubação especializadas para os seus plantios e reduz o trabalho manual de pesquisadores, agrônomos e técnicos referentes aos cálculos de recomendação. Soluções tecnológicas como essa, que integram o escopo de ações da Embrapa no âmbito da agricultura digital, buscam mais rentabilidade e produtividade, menos custos e maior agilidade e segurança no campo.

Mais independência ao usuário

O analista do Núcleo de Tecnologia da Informação da Embrapa Mandioca e Fruticultura Luciano Pontes, que desenvolveu o sistema em conjunto com dois estudantes de Engenharia da Computação da UFRB, Lucas Henrique Araújo e Maxwell Lincoln da Silva, conta que o AdubaTec segue a lógica de oferecer mais independência ao usuário, uma tendência natural, segundo ele, no mundo de desenvolvimento de softwares. 

 “Fizemos uma análise-piloto, que consistiu em uma avaliação exaustiva de sua performance. A pesquisadora fez diversas análises de forma manual e comparou com os resultados obtidos via sistema, verificando que a recomendação indicada pelo software era mais precisa. E muitos ajustes foram realizados para que o sistema alcançasse a eficiência esperada”, informa Pontes. 

O AdubaTec é um sistema web responsivo, ou seja, adapta o seu layout ao tamanho das telas em que está sendo exibido, como de celulares e tablets. Com uma página web encarregada pela interação com o cliente, é capaz de cruzar os dados de entrada do usuário com os dados cadastrados (parâmetros) no banco de dados. 

O sistema foi preparado de forma dissociada da interface a fim de que as regras de recomendação de adubação possam ser disponibilizadas em uma plataforma como serviço (AdubaAPI). “Esse potencial pode ser explorado, no futuro, para gerar diferentes produtos integrados a equipamentos ou softwares que automatizam os processos de análises de solos de laboratórios”, afirma Pontes. “Há um potencial de parceria com startups de agtech [termo utilizado para se referir a empresas de tecnologia aplicada ao agronegócio], visando a novos mercados na análise de solos,” declara.

 O diferencial do nosso sistema é ser parametrizável, ou seja, pode ser adaptado para qualquer cultura e até mesmo variedades específicas”, conta a pesquisadora Ana Lúcia Borges, responsável pelo conteúdo do software e editora técnica da publicação “Recomendações de calagem e adubação para abacaxi, acerola, banana, laranja, tangerina, lima ácida, mamão, mandioca, manga e maracujá”, da qual foram extraídos os dados para montagem do AdubaTec. 

 Informações  Ascom Embrapa

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB divulga novo procedimento para cadastro de projetos de pesquisa

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) por meio da Pró-Reitoria de Pesquisa, Criação e Inovação (PPGCI), divulga os novos procedimentos para cadastramento de projetos de pesquisa a partir do Módulo de Pesquisa do SIGAA.  Com a funcionalidade, o sistema antigo estará disponível apenas para consulta.

Nesta fase inicial, o novo sistema pode, eventualmente, apresentar instabilidade. Dúvidas ou relatos de problemas quanto ao funcionamento do módulo devem ser encaminhados para o e-mail da coordenadoria de pesquisa (cpesq@ppgci.ufrb.edu.br) para que os devidos ajustes sejam realizados.

Para acessar o Módulo de Pesquisa, docentes (ativos ou aposentados), discentes, e técnico-administrativos (ativos ou aposentados), devem fazer login no SIGAA e escolher a aba “Pesquisa” (canto superior direito) . Confira o breve tutorial para facilitar o acesso.

Mais informações no site da PROGRAD 

Source: UFRB
{$inline_imageX}

CETEC abre inscrições para Programa de Monitoria Voluntária até dia 16

O Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa que estão abertas até o dia 16 de março as inscrições do Programa de Monitoria Voluntária para o Semestre 2020.1.

Ao todo, são ofertadas 27 vagas no processo seletivo do Programa de Monitoria Voluntária e Remunerada.

Os interessados devem fazer sua inscrição para cada componente curricular de seu interesse preenchendo o formulário:https://forms.gle/gRNnU7kwBHMNC4HFA.

Para se inscrever é necessário o candidato ser estudante devidamente matriculado no semestre 2020.1; comprovar aprovação com nota igual ou superior a 6,0 no componente curricular de referência para aquele que deseja se candidatar; e dispor de aparelhos eletrônicos compatíveis (desktop, notebook ou tablet, entre outros) e acesso à Internet com velocidade e qualidade necessárias para o desempenho adequado das suas atribuições.

Os candidatos podem se inscrever em mais de um componente curricular, mas só poderão assumir a monitoria de um deles, caso sejam selecionados.

A seleção constará de três etapas: prova de conhecimentos básicos referente ao componente curricular pleiteado, entrevista e análise do Histórico Escolar, a serem realizadas no período de 17 a 19 de março. Os horários de prova serão divulgados no dia 17 de março, juntamente com a homologação das inscrições.

O resultado final será divulgado no site do CETEC até 20 de março. Os candidatos aprovados deverão enviar até o dia 22 de março a documentação necessária à inscrição no Programa de Monitoria para o e-mail monitoria@cetec.ufrb.edu.br

A carga horária do monitor voluntário é de 8 horas semanais. 

Edital Interno nº 02/2021.

Link do formulário

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB disponibiliza módulo de extensão no Sistema Integrado de Gestão

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) disponibilizou aos usuários o módulo de extensão no Sistema Integrado de Gestão das Atividades Acadêmicas (SIGAA). Registro de atividade, inscrições em eventos, download de certificados, envio de relatórios, agora são feitos no SIGAA, sistema já utilizado pela comunidade acadêmica da UFRB.

As substituições dos formulários analógicos por sistemas digitais trazem mais transparência e agilidade para os usuários dos serviços que agora passam a funcionar de forma integrada ao Sistema da instituição. Um dos avanços possibilitados na gestão dos procedimentos via sistema é a uniformização dos procedimentos praticados em todos os setores e centros da Universidade. “A padronização garante, por um lado, a qualidade em todos os processos organizacionais da extensão universitária da UFRB, no contexto de sua realidade de multicampia; e por outro, o estabelecimento de diálogo permanente que estimula a participação social dos sujeitos envolvidos, tanto da UFRB como de outros setores da sociedade, a partir de princípios de transparência e de democracia”, avalia a pró-reitora de Extensão, Tatiana Velloso.

Segundo Tatiana, o planejamento é um elemento importante para conseguir certificar as atividades de extensão na UFRB. O módulo de extensão não permite o cadastro de propostas com datas retroativas ao início do cadastro, é preciso registrar a atividade, no mínimo, dez dias antes da data prevista para a sua realização. Após o registro, a atividade fica, institucionalmente, apta a ser executada e certificada. No caso de instabilidade ou indisponibilidade do SIGAA, a Coordenadoria de Tecnologia da Informação (COTEC) deve ser acionada por meio do Help Desk. Os usuários devem comunicar a abertura de chamado à Gestão de Extensão do seu Centro de Ensino.

Para acessar o Módulo de Extensão, docentes (ativos ou aposentados), discentes, e técnico-administrativos (ativos ou aposentados), devem fazer login no SIGAA e escolher a aba “Extensão”. As três categorias podem registrar e coordenar ações de extensão, bem como baixar certificados e consultar informações. A comunidade externa tem acesso à página pública do SIGAA para se inscrever em eventos e acessar certificados. Para orientar a comunidade acadêmica e externa nesta transição, a Proext publicou três guias para utilização do Módulo de Extensão na sua página.

Os gestores de extensão também estão capacitados para prestar auxílio aos usuários que tiverem dúvidas. Tércio Menezes, chefe do Núcleo de Gestão de Documentação, esclarece que o módulo está sendo disponibilizado gradativamente, na medida em que a COTEC desenvolve as ferramentas. “Já estão disponíveis as funções de registro, apresentação de relatórios e certificação de atividades. Na segunda etapa de implantação, vamos disponibilizar as funções: editais de extensão e submissão de atividades de extensão na modalidade de prestação de serviços e consultoria. Está prevista também a implantação do módulo de eventos, que irá disponibilizar a toda comunidade acadêmica as funções: gerenciamento de eventos; recepção, distribuição, avaliação; e certificação de avaliadores e apresentadores de trabalhos acadêmicos”, informa.

Mais informações em ufrb.edu.br/proext/registro-de-atividades.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Aula Magna da UFRB debate ciência e os desafios da pandemia

{youtube}4UJFP0LoPM8{/youtube}

A palestra “Universidade pública, ciência e os desafios da pandemia” ministrada pelo professor Pedro Hallal marcou a Aula Magna de abertura do semestre 2020.1 da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB). Atualmente o docente coordena a iniciativa do EPICOVID-19, o maior estudo epidemiológico sobre coronavírus no Brasil. O docente foi reitor da Universidade Federal de Pelotas (UFPel) entre 2017 e 2020. 

A aula magna aconteceu na tarde do último dia 09, de forma online e contou com a interação de centenas de comentários da comunidade acadêmica durante a transmissão. A abertura da aula magna foi feita pelo reitor, Fábio Josué dos Santos, que relatou o compromisso da UFRB com a educação pública e destacou o processo de execução de aulas remotas na instituição.

Hallal fez um balanço do impacto do novo coronavírus nas atividades do ensino superior federal, fez prognósticos de retorno das atividades de ensino presencial e abordou a necessidade das instituições de ensino elaborarem planos de retomada com estabelecimento de protocolos sanitários com brevidade.

Hallal criticou posturas negacionistas da pandemia de Covid-19 e destacou o isolamento social como medida necessária e mais importante para evitar a disseminação e o aumento do número de mortes. Falou ainda do papel das universidades no combate à desinformação e ao uso de medicamentos sem comprovação cientifica. “É necessário entrar nesse debate em todas arenas que forem possíveis. Tal situação requer manifestos sistemáticos dos nossos pesquisadores demonstrando que não há tratamento preventivo contra a Covid-19”, destaca.

Hallal sugeriu ainda a realização de campanhas de revalorização das universidades, da ciência, e da educação como patrimônio da sociedade brasileira. O reitor Fábio Josué agradeceu a exposição do professor e as alternativas propostas para o planejamento de protocolos sanitários.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB lamenta falecimento do servidor aposentado Acácio Conceição

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) manifesta o seu profundo pesar pelo falecimento do servidor aposentado Acácio Conceição. Acácio fazia parte da equipe do Restaurante Universitário, Campus Cruz das Almas.

Ao registrarmos nossas condolências, manifestamos apoio e solidariedade aos amigos e familiares.

Source: UFRB
{$inline_imageX}