UFRB inscreve para 150 vagas na Especialização em Educação e Tecnologias Digitais

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre inscrições para o processo seletivo de aluno regular do Curso de especialização em Educação e Tecnologias Digitais, na modalidade de Ensino à Distância (EaD) no Sistema UAB (Universidade Aberta do Brasil) na UFRB para o semestre de 2021.2. São disponibilizadas cento e cinquenta vagas distribuídas nos polos: Feira de Santana, Amargosa, Rio Real, Valença e Itabuna.

As inscrições acontecem no período de 23 a 30 de junho de 2021, por meio do endereço ufrb.edu.br/sead.

O perfil desejado dos candidatos são de professores egressos dos cursos de Licenciaturas (Pedagogia, História, Geografia, Biologia, Letras, Matemática, Química, Física, Filosofia, Educação Física, Ciências Sociais, Educação do Campo, Informática) ou demais cursos de graduação em outras áreas, desde que atuem em processos educativos em ambientes escolares ou não escolares.

O curso tem duração de mínima de 18 meses e no máximo 24 meses, com carga horária total de 425h.

O curso será realizado na modalidade a distância por meio do Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) com encontros presenciais para os seminários temáticos, realizados nos polos de EAD em que o aluno se vincular no ato da matrícula. Estão previstos três encontros presenciais, sendo dois para a realização dos seminários temáticos, realizados ao término de cada um dos períodos que compõem a matriz curricular do curso e o terceiro encontro para a apresentação do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Seleção dos candidatos

A seleção dos interessados será realizada pelo Centro de Cultura, Linguagens e Tecnologias Aplicadas (CECULT) e considerará as avaliações da prova de títulos e análise de carta de intenções.

O cálculo da Nota Final (NF) da seleção será resultante da soma das pontuações obtidas no barema pela avaliação de títulos e experiência e análise da carta de intenções.

Edital SEAD/Cecult Nº 08_2021.

E-mail: edu.tecnologiasdigitais@cecult.ufrb.edu.br.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB inscreve para pós em Agroecologia e Tecnologias Sociais na Educação do Campo

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) abre inscrições para o processo seletivo de ingresso de alunos regulares no Curso de Pós-Graduação Lato Sensu em Agroecologia e Tecnologias Sociais na Educação do Campo (PPG Agroecologia), no semestre acadêmico de 2021.2.

O curso, em nível de especialização, será oferecido no Centro de Ciência e Tecnologia em Energia e Sustentabilidade (CETENS), em Feira de Santana.

As inscrições acontecem no período de 21 de junho até o dia 17 de julho, somente via internet no link sistemas.ufrb.edu.br/sigaa/public/processo_seletivo/lista.jsf?nivel=L&aba=p-lato.

São oferecidas 40 vagas para alunos regulares, das quais quatro vagas, correspondente a 10% do total de vagas, poderão ser ocupadas por Servidores Técnico-Administrativos do Quadro Efetivo da UFRB, desde que atendam aos quesitos de mérito; e oito vagas poderão ser destinadas a candidatos autodeclarados Negros, correspondente a 20% (vinte por cento) das vagas, duas (02) vagas para Pessoas com Deficiência, correspondente a 5% (cinco por cento) das vagas, e seis (06) vagas para Indígenas, Quilombolas e Pessoas Trans, correspondente a 15% (quinze por cento) das vagas.

O PPG Agroecologia tem como público preferencial os profissionais da Educação, as equipes de Assistência Técnica e Extensão Rural e Gestores Públicos que atuem em Agroecologia e Tecnologias Sociais na perspectiva da Educação do Campo.

O curso está fundamentado no Regime e na Pedagogia da Alternância, seguindo as diretrizes regidas pela Resolução CONAC – UFRB 016/2019, qual dispõe sobre o Regulamento da Modalidade e Regime da Alternância nos Cursos de Graduação da UFRB. Dessa forma, as aulas do curso ocorrerão a cada quinze dias, às sextas-feiras, nos turnos tarde e noite e, aos sábados, nos turnos manhã e tarde, intercalando encontros presenciais (cerca de 03) e em ensino remoto (cerca de 05).

Enquanto durar a situação de emergência sanitária causada pela Covid-19 (seguindo as indicações normativas da UFRB), as aulas serão ministradas na modalidade remota.

Seleção e matrícula

A seleção dos candidatos ocorrerá em duas etapas, sendo composta de três instrumentos de avaliação: Carta de Intenção, Planto de Trabalho e Análise do Currículo.

As matrículas serão realizadas no período de 24 a 30 de agosto, no horário das 09h às 12h e das 13h às 16h.

Mais informações no e-mail ppgagroecologia@cetens.ufrb.edu.br e no site ufrb.edu.br/ppgagroecologia.

Edital da Especialização.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Covid: Veja quem se vacina hoje em SP, Curitiba e mais oito capitais

<div class="toolkit-image-container media_box full-dimensions677x369">

<div class="toolkit-image-container__edges edges">
<img class="toolkit-image-container__image croppable" src="https://img.r7.com/images/efe-vacinacao-covid-19-abre-materia-1500-20062021150459767?dimensions=677×369" title="Ansioso pela 1ª dose? As capitais brasileiras avançam na vacinação nesta segunda" alt="Ansioso pela 1ª dose? As capitais brasileiras avançam na vacinação nesta segunda" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="toolkit-image-container__info content_image" data-dimensions="677×369">
<span class="toolkit-image-container__caption legend_box ">Ansioso pela 1ª dose? As capitais brasileiras avançam na vacinação nesta segunda</span>
<span class="toolkit-image-container__credit credit_box ">Raúl Martínez/EFE</span>
</div>
</div>

<p>
A segunda-feira (21) começa com a vacinação contra a <a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus" target="_blank"><strong>covid-19</strong></a> focada em públicos na faixa dos 50 anos de idade na maior parte das capitais brasileiras. Em São Paulo, por exemplo, hoje e amanhã, são dias de repescagem para quem tem 50 e 51 anos e ainda não tomaram a primeira dose.</p>
<p>
No Rio de Janeiro, as mulheres de 49 anos de idade e as gestantes e puérperas são o alvo da imunização com a primeira dose nesta segunda (21). </p>
<p>
No Brasil, quase 63 milhões de pessoas já foram vacinadas contra a covid-19 com a primeira dose. Dessas, mais de 24 milhões também retornaram para receber a segunda dose da imunização.</p>
<p>
Considerando a população vacinável (adultos acima de 18 anos), o país já imunizou com a primeira dose 38,9%. No caso da segunda dose, 15,1% dos brasileiros adultos receberam as duas aplicações.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Paulo</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital paulista começa nesta segunda-feira (21) e prolonga até amanhã (22) a repescagem para pessoas com 50 e 51 anos de idade. É uma espécie de segunda chance para quem perdeu a data exata. O próximo grupo a começar ser imunizado é o de pessoas com 48 e 49 anos, a partir da próxima quarta-feira (23).</p>
<p>
A estimativa da prefeitura paulistana é que até o dia 13 de setembro toda população adulta de São Paulo já esteja imunizada com a primeira dose.</p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>

<div class="media_box embed flash_box full-dimensionsundefined">

<div class="flourish-embed flourish-table" data-src="visualisation/6473039"><script src="https://public.flourish.studio/resources/embed.js"></script></div>
</div>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Rio de Janeiro</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
A capital carioca vacina hoje, com a primeira dose, as mulheres com 49 anos de idade e grávidas e puérperas. Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.</p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>

<div class="toolkit-image-container media_box full-dimensions100">

<div class="toolkit-image-container__edges edges">
<img class="toolkit-image-container__image croppable" src="https://img.r7.com/images/divulgacao-vacinacao-rio-20062021144322201" title="" alt="" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="toolkit-image-container__info content_image" data-dimensions="100">
<span class="toolkit-image-container__caption legend_box "></span>
<span class="toolkit-image-container__credit credit_box ">Divulgação/Prefeitura do Rio</span>
</div>
</div>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Curitiba (PR)</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
A capital paranaense vacina hoje pessoas com 50 anos completos ou mais com o estoque que sobrou da última remessa do governo estadual na sexta-feira (18). A imunização não requer agendamento, mas, para evitar filas e aglomerações, há um escalonamento por mês de nascimento.</p>
<p>
A gestão municipal vai vacinar nascidos no primeiro semestre (de 1º de janeiro a 30 de junho) no período da manhã, das 8h às 12h. Já os nascidos no segundo semestre (1º de julho a 31 de dezembro) precisam procurar os postos de saúde no período da tarde, das 13h às 17h.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Porto Alegre (RS)</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital gaúcha imuniza, nesta segunda (21), pessoas com 50 anos. A gestão municipal informou que 12 unidades de saúde vão oferecer a primeira dose de vacinas contra a covid-19. Para quem precisa da segunda dose da CoronaVac, há oito unidades de saúde para isso e o drive-thru da PUC.</p>
<p>
A segunda da Pfizer está disponível em 12 unidades de saúde e a segunda dose da vacina AstraZeneca, em quatro unidades de saúde e no drive-thru da PUC. Veja todos os <a href="https://prefeitura.poa.br/sms/noticias/saude-amplia-vacinacao-para-pessoas-com-50-anos-nesta-segunda-feira" target="_blank"><strong>endereços aqui</strong></a>.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Luís</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Avançada na campanha de vacinação, a cidade de São Luís, capital do Maranhão, já vai imunizar com a primeira dose jovens de 19 anos sem comorbidades nesta segunda-feira (21) e, na terça (22), os de 18 anos.</p>
<p>
Nascidos nos meses de janeiro a junho deverão ir pela manhã, enquanto o grupo de julho a dezembro irá se vacinar durante a tarde. </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>

<div class="media_box embed network_box d-md-flex justify-content-md-center" data-name="twitter"><blockquote class="twitter-tweet"><p lang="pt" dir="ltr">E na <a href="https://twitter.com/hashtag/CapitalBrasileiradaVacina?src=hash&amp;ref_src=twsrc%5Etfw">#CapitalBrasileiradaVacina</a> é assim! 朗<br><br>Novinhos e novinhas: o date de vocês é com a vacina! <br><br> Segunda – 1️⃣9️⃣ anos<br> Terça – 1️⃣8️⃣ anos <br><br>Lembrando que:<br>➡️ Pela manhã: nascidos de janeiro a junho;<br>➡️ À tarde: nascidos de julho a dezembro. <a href="https://t.co/iZpC8CEWFM">pic.twitter.com/iZpC8CEWFM</a></p>&mdash; Prefeitura de São Luís (@PrefeituraSL) <a href="https://twitter.com/PrefeituraSL/status/1406681626030100487?ref_src=twsrc%5Etfw">June 20, 2021</a></blockquote> <script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js" charset="utf-8"></script></div>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Salvador</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
A capital da Bahia terá, entre segunda (21) e terça-feira (22), o "<a href="https://twitter.com/PrefSalvador/status/1406658535870582789" target="_blank"><strong>Viradão da Vacinação</strong></a>", um mutirão para vacinar ininterruptamente as pessoas de 47 e 48 anos sem comorbidades ao longo dos dois dias.</p>
<p>
A campanha começa com os soteropolitanos nascidos até 21 de maio de 1973, das 8h às 12h. Os nascidos até 21 de agosto de 1973 serão imunizados das 13h às 16h. O grupo de até 21 de novembro de 1973 recebe as doses das 17h às 21h.</p>
<p>
O Viradão começa a partir das 22h até as 7h, com 8 mil doses aplicadas a grupos prioritários e por agendamento.</p>
<p>
Já na terça-feira, das 8h às 12h, será a vez dos nascidos até 22 de fevereiro de 1974 e, das 13h às 17h, o grupo daqules que nasceram até 22 de junho de 1974.</p>
<p>
O agendamento por ser feito <a href="https://vacinahoramarcada.saude.salvador.ba.gov.br/" target="_blank"><strong>neste link</strong></a>.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Cuiabá

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A cidade de Cuiabá, no Mato Grosso, já está vacinando pessoas de 53 e 54 anos contra a covid-19, além de outros grupos prioritários (<a href="https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/" target="_blank"><strong>acesse no site</strong></a>).</p>
<p>
Porém, o público de 50, 51 e 52 anos já <a href="https://www.cuiaba.mt.gov.br/saude/prefeitura-abre-cadastro-da-vacinacao-para-pessoas-de-50-51-e-52-anos-sem-comorbidades/24588" target="_blank"><strong>pode se fazer seu cadastro</strong></a> na campanha de imunização no município, no link da <a href="https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/" target="_blank"><strong>Vacina Cuiabá</strong></a>.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belém</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A prefeitura de Belém (PA) iniciou, no último final de semana, a vacinação das pessoas de 43 e 44 anos contra a covid-19, além dos grupos prioritários já definidos.</p>
<p>
Entre estes grupos estão os trabalhadores da educação, que atuam nos níveis médio e superior. Os profissionais da educação que atuam nos níveis fundamental, infantil e na educação especial também poderão se vacinar, informa a prefeitura. Saiba mais na <a href="https://belemvacinada.com.br/" target="_blank"><strong>plataforma Belém Vacinada</strong></a>.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Recife
</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital pernambucana está vacinando o público geral de 43 a 59 anos, além de trabalhadores industriais (de 40 a 59 anos), de assistência social, caminhoneiros, forças de segurança e outros grupos disponíveis <a href="https://minhavacina.recife.pe.gov.br/" target="_blank"><strong>neste link</strong></a>, onde também pode ser feito o cadastro para a imunização.  </p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belo Horizonte

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital mineira continua nesta semana a vacinar as pessoas de 56 anos ou mais, trabalhadores da educação, população em situação de rua, comunidades tradicionais (como quilombolas), forças de segurança e outros grupos, que podem ser encontrados <a href="https://prefeitura.pbh.gov.br/campanha-de-vacinacao-contra-covid-19" target="_blank"><strong>neste link</strong></a>.</p>
Source: R7 Bahia
{$inline_imageX}

Veja quem pode se vacinar contra covid-19 em 9 capitais neste sábado

<div class="toolkit-image-container media_box full-dimensions442x241">

<div class="toolkit-image-container__edges edges">
<img class="toolkit-image-container__image croppable" src="https://img.r7.com/images/indigenas-indigenas-brasileiros-vacinacao-17062021100830426?dimensions=442×241" title="Em Manaus, pessoas com 37 anos ou mais são vacinadas" alt="Em Manaus, pessoas com 37 anos ou mais são vacinadas" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="toolkit-image-container__info content_image" data-dimensions="442×241">
<span class="toolkit-image-container__caption legend_box ">Em Manaus, pessoas com 37 anos ou mais são vacinadas</span>
<span class="toolkit-image-container__credit credit_box ">Alex Pazuello/Prefeitura de Manaus</span>
</div>
</div>

<p>
A <a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus/mapa-da-vacinacao/#br" target="_blank"><strong>vacinação contra covid-19</strong></a> segue neste sábado (19), inclusive com o início da imunização de novos grupos em capitais do país. Na cidade de São Paulo, por exemplo, pessoas 50 e 51 anos já poderão receber a primeira dose da vacina.</p>
<p>
No Brasil, mais de 62 milhões de pessoas já foram vacinadas contra a covid-19 com a primeira dose. Dessas, mais de 24 milhões também retornaram para receber a segunda dose da imunização.</p>
<p>
<em><strong>Veja, abaixo, o cronograma de vacinação deste sábado em 9 capitais brasileiras.</strong></em></p>
<p>
 </p>
<p>
 </p>

<div class="toolkit-card-primary mb-7" data-dp6-item=’leiaTambem’>
<div class="toolkit-card-primary__body">
<h6 class="toolkit-card-primary__title">
Leia também
</h6>
<ul class="toolkit-list">
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/brasil/bolsonaro-volta-a-atacar-governadores-sanha-ditatorial-18062021">
Bolsonaro volta a atacar governadores: ‘Sanha ditatorial’
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/sp-prefeito-ricardo-nunes-recebe-1-dose-da-vacina-contra-a-covid-19-18062021">
Prefeito de SP recebe 1ª dose da vacina contra a covid-19
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/internacional/vacinacao-dispara-na-china-com-meio-bilhao-de-doses-em-1-mes-18062021">
Vacinação dispara na China, com 500 mi de doses em 1 mês
</a>
</li>
</ul>
</div>
</div>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Paulo</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
 </p>
<p>
 </p>
<p>
A capital paulista começa, neste sábado, a vacinar pessoas com 50 e 51 anos de idade contra a covid-19. Segundo a prefeitura, o próximo grupo a começar ser imunizado é o de pessoas com 48 e 49 anos, a partir da próxima quarta-feira (23).</p>
<p>
A estimativa da prefeitura paulistana é que até o dia 15 de setembro toda população adulta de São Paulo já esteja imunizada.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Rio de Janeiro</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
No sábado, o Rio inicia a vacinação de pessoas com 50 anos ou mais. A prefeitura também faz uma espécie de repescagem para pessoas com deficiência a partir de 18 anos, e trabalhadores da saúde, que ainda não foram vacinados contra a covid-19.</p>
<p>
Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Salvador</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
O cronograma de vacinação na capital baiana prevê a imunização de pessoas que precisam da 2ª dose de Oxford ou CoronaVac com data programada entre 14 e 24 de junho, e continua a imunização de pessoas com 49 anos ou mais iniciada na sexta-feira (18).</p>
<p>
Os pontos de vacinação por demanda aberta para antecipação da 2ª dose da vacina de Oxford funcionarão das 8h às 16h. Os locais para administração da dose complementar da CoronaVac também funcionarão das 8h às 16h. Todos os pontos de imunização entre drives e postos fixos funcionarão exclusivamente para fechamento do esquema vacinal.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Fortaleza</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Na capital cearense, segue acontecendo neste final de semana o Arraiá da Vacinação contra a covid-19, com aplicação de vacina de 9h às 23h no público agendado.</p>
<p>
A cidade vai atender uma idade por dia, começando para quem tem 60 anos (na última quinta-feira), e imunizando de forma escalonada até chegar às pessoas com 51 anos, previsto para o dia 28 de junho.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Manaus</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital do Amazonas continua, neste sábado, a vacinação contra covid-19 para pessoas com 37 anos ou mais. A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde é atender com a primeira dose do imunizante 49,3 mil pessoas dessas duas faixas, sendo 23,6 mil de 39 anos e 25,7 mil de 38 anos.</p>
<p>
Segundo a Prefeitura de Manaus, a previsão é bater a marca de 1 milhão de doses aplicadas na capital do Amazonas ainda neste sábado.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Curitiba</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital paranaense deve seguir, neste sábado, a vacinação de trabalhadores da limpeza pública e de professores e trabalhadores do ensino básico e do ensino superior para a faixa de 25 anos ou mais.</p>
<p>
Também continuam a ser atendidos com a primeira dose gestantes e puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com 53 anos completos ou mais, pessoas com deficiência e trabalhadores das forças de segurança e salvamento.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Goiânia</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Goiânia segue vacinando a população em geral a partir de 52 anos e grupos prioritários. Também foi retomada, na última quinta-feira (17), a vacinação das gestantes sem comorbidades.</p>
<p>
Para vacinar, é necessário levar documento pessoal com foto, CPF e documentação específica de cada grupo. A lista pode ser acessada no site da Prefeitura de Goiânia, por meio da plataforma Imuniza Gyn, atualizada todos os dias às 17h.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belém</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital paraense dá continuidade, neste sábado, na vacinação contra covid-19 em trabalhadores da educação de intituições públicas e privadas, que atuam nos níveis médio e superior. Esse grupo começou a ser imunizado na sexta-feira.</p>
<p>
Para receber a vacina, é necessário levar CPF, RG, Cartão do SUS e comprovante de residência de Belém. Os postos e pontos de vacinação funcionam das 9h às 17h. Ao todo, Belém já aplicou mais de 540 mil doses, segundo a prefeitura.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Porto Alegre</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital gaúcha segue a imunização de homens e mulheres com 51 anos ou mais sem comorbidades e profissionais da rede de ensino municipal, comunitária, estadual ou privada, bem como de ensino superior ou profissionalizante, podem receber a primeira dose da vacina contra covid-19 na capital gaúcha.</p>
<p>
Além destes grupos, pessoas com mais de 18 anos com comorbidades e deficiências permanentes também podem ser imunizadas. Diferente de outras capitais, em Porto Alegre não é necessário fazer um pré-agendamento.</p>

<div class="toolkit-card-primary mb-7" data-dp6-item=’vejaTambem’>
<div class="toolkit-card-primary__body">
<h6 class="toolkit-card-primary__title">
Veja também
</h6>
<ul class="toolkit-list d-flex">
<li class="toolkit-card-secondary">
<a href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/sp-velorio-da-vila-mariana-e-fechado-apos-inundacao-de-esgoto-17062021" title="SP: Velório da Vila Mariana é fechado após inundação de esgoto">
<img alt="SP: Velório da Vila Mariana é fechado após inundação de esgoto" title="SP: Velório da Vila Mariana é fechado após inundação de esgoto"
class="toolkit-card-secondary__image" src="https://img.r7.com/images/esgoto-vila-mariana-14062021163913577?dimensions=221×126">
<div class="toolkit-card-secondary__hat ">São Paulo</div>
<h3 class="toolkit-card-secondary__title">SP: Velório da Vila Mariana é fechado após inundação de esgoto</h3>
</a>
</li>
<li class="toolkit-card-secondary">
<a href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/prefeitura-de-sp-amplia-xepa-da-vacina-para-maiores-de-18-anos-17062021" title="Prefeitura de SP amplia xepa da vacina para maiores de 18 anos">
<img alt="Prefeitura de SP amplia xepa da vacina para maiores de 18 anos" title="Prefeitura de SP amplia xepa da vacina para maiores de 18 anos"
class="toolkit-card-secondary__image" src="https://img.r7.com/images/vacinacao-vacina-seringa-sp-sao-paulo-saude-17062021182950197?dimensions=221×126">
<div class="toolkit-card-secondary__hat ">São Paulo</div>
<h3 class="toolkit-card-secondary__title">Prefeitura de SP amplia xepa da vacina para maiores de 18 anos</h3>
</a>
</li>
<li class="toolkit-card-secondary">
<a href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/preso-em-sp-suspeito-de-empurrar-passageiro-de-escadaria-do-metro-17062021" title="Preso em SP suspeito de empurrar passageiro de escadaria do Metrô ">
<img alt="Preso em SP suspeito de empurrar passageiro de escadaria do Metrô " title="Preso em SP suspeito de empurrar passageiro de escadaria do Metrô "
class="toolkit-card-secondary__image" src="https://img.r7.com/images/transporte-sao-paulo-14042021095918287?dimensions=221×126">
<div class="toolkit-card-secondary__hat ">São Paulo</div>
<h3 class="toolkit-card-secondary__title">Preso em SP suspeito de empurrar passageiro de escadaria do Metrô </h3>
</a>
</li>
</ul>
</div>
</div>
Source: R7 Bahia
{$inline_imageX}

CETEC abre inscrições para monitorias voluntária e remunerada até dia 24 de junho

O Centro de Ciências Exatas e Tecnológicas (CETEC) da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB) informa que estão abertas até o dia 24 de junho as inscrições do Programa de Monitoria Voluntária e Remunerada para o período letivo 2020.2.

Ao todo, são ofertadas 67 vagas no Os interessados devem fazer sua inscrição para cada componente curricular de seu interesse preenchendo o formulário do Centro.

Para se inscrever é necessário o candidato ser estudante devidamente matriculado no semestre 2020.2; comprovar aprovação com nota igual ou superior a 6,0 no componente curricular de referência para aquele que deseja se candidatar; e dispor de aparelhos eletrônicos compatíveis (desktop, notebook ou tablet, entre outros) e acesso à Internet com velocidade e qualidade necessárias para o desempenho adequado das suas atribuições.

Os candidatos podem se inscrever em mais de um componente curricular, mas só poderão assumir a monitoria de um deles, caso sejam selecionados. A seleção constará de três etapas: prova de conhecimentos básicos referente ao componente curricular pleiteado, entrevista e análise do Histórico Escolar, a serem realizadas no período de 28 a 30 de junho. Os horários de prova serão divulgados no dia 25 de junho, juntamente com a homologação das inscrições. A carga horária do monitor voluntário é de 8 horas semanais e a do monitor remunerado é de 12 horas semanais

O resultado final será divulgado no site do CETEC até 01 de julho. Os candidatos aprovados deverão enviar até o dia 07 de julho a documentação necessária à inscrição no Programa de Monitoria para o e-mail monitoria@cetec.ufrb.edu.br

Confira o Edital nº 03/2021.

 

 

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Confira quem pode se vacinar em 12 capitais do país nesta sexta (18)

<div class="toolkit-image-container media_box full-dimensions442x241">

<div class="toolkit-image-container__edges edges">
<img class="toolkit-image-container__image croppable" src="https://img.r7.com/images/agencia-brasil-vacina-astrazeneca-1500-01042021124116944?dimensions=442×241" title="País avança na vacinação contra covid-19" alt="País avança na vacinação contra covid-19" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="toolkit-image-container__info content_image" data-dimensions="442×241">
<span class="toolkit-image-container__caption legend_box ">País avança na vacinação contra covid-19</span>
<span class="toolkit-image-container__credit credit_box ">Tomaz Silva/Agência Brasil – 23.01.2021</span>
</div>
</div>

<p>
Diversas capitais do país avançam na <a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus/mapa-da-vacinacao/#br" target="_blank"><strong>vacinação contra covid-19</strong></a> por idade, e começam a atingir públicos mais jovens. No país, quase 60 milhões de pessoas já foram imunizadas com a primeira dose, e mais de 24 milhões também receberam a segunda dose da vacinação.</p>
<p>
Em São Luís, que deve ser a primeira capital a vacinar toda população adulta, nesta sexta-feira (18) começa a imunização das pessoas de 22 anos. Em Manaus, segue a vacinação contra covid-19 de pessoas com 39 anos.</p>
<p>
<em><strong>Veja, abaixo, o cronograma de vacinação desta sexta-feira em 12 capitais brasileiras.</strong></em></p>
<p>
 </p>

<div class="toolkit-card-primary mb-7" data-dp6-item=’leiaTambem’>
<div class="toolkit-card-primary__body">
<h6 class="toolkit-card-primary__title">
Leia também
</h6>
<ul class="toolkit-list">
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/araraquara-sp-decreta-novo-lockdown-apos-o-aumento-de-casos-17062021">
Araraquara (SP) decreta novo lockdown após o aumento de casos
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/educacao/na-pandemia-54-dos-estagiarios-exerceram-atividades-presenciais-17062021">
Na pandemia, 54% dos estagiários exerceram atividades presencias
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="http://noticias.r7.com/sao-paulo/covid-suzano-inicia-forca-tarefa-de-35-horas-seguidas-de-vacinacao-17062021">
Covid: Suzano inicia força-tarefa de 35 horas seguidas de vacinação
</a>
</li>
</ul>
</div>
</div>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Paulo</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
 </p>
<p>
A capital paulista começa, nesta sexta-feira, a vacinar pessoas com 52 e 53 anos de idade contra a covid-19. No sábado (19), é a vez da imunização de pessoas com 50 e 51 anos.</p>
<p>
A Prefeitura de São Paulo estima que a partir da próxima semana comece a vacinação de pessoas com menos de 50 anos, e que até o dia 15 de setembro toda população adulta de São Paulo já esteja imunizada.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Rio de Janeiro</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
O Rio começa a vacinar nesta sexta-feira pessoas com 50 anos ou mais. A cidade também está atendendo as pessoas por idade, de forma escalonada. No sábado (19), haverá repescagem para cariocas com 50 anos ou mais, pessoas com deficiência a partir de 18 anos, e trabalhadores da saúde.</p>
<p>
Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belo Horizonte</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital mineira continua a vacinação contra covid-19 para mulheres a partir da 29ª semana de gestação (terceiro trimestre) e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto) sem comorbidades nesta sexta-feira.</p>
<p>
Para se vacinar com a dose da Pfizer, o público precisa apresentar a prescrição médica. A prefeitura informou que, à medida que for recebendo novas remessas de vacinas contra a covid-19, outros grupos de gestantes sem comorbidades serão imunizados.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Salvador</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
O cronograma de vacinação na capital baiana prevê a imunização de pessoas que precisam da 2ª dose de Oxford ou CoronaVac com data programada entre 14 e 24 de junho.</p>
<p>
Os pontos de vacinação por demanda aberta para antecipação da 2ª dose da vacina de Oxford funcionarão das 8h às 16h. Os locais para administração da dose complementar da CoronaVac também funcionarão das 8h às 16h. Todos os pontos de imunização entre drives e postos fixos funcionarão exclusivamente para fechamento do esquema vacinal.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Fortaleza</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Na capital cearense, acontece nesta sexta-feira o Arraiá da Vacinação contra a covid-19, com aplicação de vacina de 9h às 23h no público agendado. Na quinta-feira, Fortaleza iniciou a chamada para pessoas que ainda não se vacinaram, e nesta sexta é a vez de quem tem 59 anos.</p>
<p>
A cidade vai atender uma idade por dia, começando para quem tem 60 anos (na última quinta-feira), e imunizando de forma escalonada até chegar às pessoas com 51 anos, previsto para o dia 28 de junho.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Manaus</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital do Amazonas começa, nesta sexta-feira, a vacinar contra covid-19 a população com 39 anos nascida de julho a dezembro. Na quinta-feira, as pessoas com essa idade nascidas no primeiro semestre receberam a imunização.</p>
<p>
O cronograma da prefeitura prevê ainda que, no sábado (19), todo o público de 38 anos seja imunizado. A estimativa da Secretaria Municipal de Saúde é atender com a primeira dose do imunizante 49,3 mil pessoas dessas duas faixas, sendo 23,6 mil de 39 anos e 25,7 mil de 38 anos.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Curitiba</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Ao longo de toda esta semana, a capital paranaense vacina as 36.800 pessoas de grupos prioritários já agendados para receber a primeira dose.</p>
<p>
Segundo a prefeitura, os grupos prioritários são: pessoas em situação de rua, servidores da Fundação de Ação Social, professores e profissionais da educação básica, aeroportuários, profissionais de saúde, gestantes e puérperas, pessoas com comorbidades, pessoas com deficiência e professores do ensino superior.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Goiânia</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Goiânia segue vacinando a população em geral a partir de 52 anos e grupos prioritários. Também foi retomada, na quinta-feira, a vacinação das gestantes sem comorbidades.</p>
<p>
Serão disponibilizados para esses grupos 26 locais de vacinação na modalidade pedestre, das 8h às 17h, além do drive thru do shopping Passeio das Águas para a população geral, das 8h às 15h.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belém</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Desde a última segunda-feira (14), a Secretaria Municipal de Saúde de Belém avançou com a vacinação por idade de pessoas sem comorbidade. Nesta sexta-feira, serão vacinadas as pessoas com idades entre 47 e 59 anos.</p>
<p>
Para receber a vacina, é necessário levar CPF, RG, Cartão do SUS e comprovante de residência de Belém. Os postos e pontos de vacinação funcionam das 9h às 17h. Ao todo, Belém já aplicou mais de 540 mil doses, segundo a prefeitura.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Porto Alegre</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital gaúcha segue a imunização de homens e mulheres com 51 anos ou mais sem comorbidades e profissionais da rede de ensino municipal, comunitária, estadual ou privada, bem como de ensino superior ou profissionalizante, podem receber a primeira dose da vacina contra covid-19 na capital gaúcha.</p>
<p>
Além destes grupos, pessoas com mais de 18 anos com comorbidades e deficiências permanentes também podem ser imunizadas. Diferente de outras capitais, em Porto Alegre não é necessário fazer um pré-agendamento.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Cuiabá</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital mato-grossense continua vacinando todos os grupos prioritários já liberados no PNI (Plano Nacional de Vacinação), além dos trabalhadores da educação e pessoas sem comorbidades a partir dos 55 anos. A prefeitura também abriu cadastro para pessoas com idades entre 50 e 54 anos.</p>
<p>
No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Luís</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital do Maranhão começa nesta sexta-feira a vacinar contra covid-19 pessoas com 22 anos. Segundo a prefeitura, o período da manhã vai atender pessoas nascidas entre janeiro e junho e, à tarde, quem nasceu entre julho e dezembro.</p>
<p>
A Prefeitura de São Luís já abriu o cadastro para pessoas com 18 anos na plataforma VacinaSãoLuís e nos próximos dias anunciará o calendário de vacinação para esse público. Com isso, São Luís deve ser a primeira capital do país a vacinar toda a população adulta contra a covid-19.</p>

<div class="media_box embed video_box full-dimensionsundefined" data-name="r7">

<iframe src="https://player.r7.com/video/i/60cb6bdcca9084b71f000645" width="640" height="360" frameborder="0" loading="lazy" allowfullscreen></iframe>
</div>
Source: R7 Bahia
{$inline_imageX}

Projeto de extensão da UFRB Educa Rap é destaque deste sábado no Univerciência

{youtube}PYNMCIR4OJo{/youtube}

O Univerciência deste sábado (19) vai falar sobre xenofobia e destaca cinco exemplos que todo mundo precisa saber sobre a expressão. O programa vai abordar também o trabalho escravo na região da Baixada Maranhense, no estado do Maranhão e falar sobre poluição sonora, problema comum nas grandes cidades. Ainda nesta edição, a atração semanal vai mostrar um aplicativo de celular que permite facilitar o registro de ocorrências pela Polícia Militar. No ar pela TVE aos sábados, às 14h30, o programa tem horários alternativos às segundas-feiras, às 20h, e quartas-feiras, às 7h30. 

Por meio das batalhas de rimas e dos programas de rádio o Educa Rap, projeto de extensão da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), impacta a vida de jovens da cidade de Cruz das Almas/Ba e traz aprendizados para a Instituição.

Xenofobia é uma expressão que muita gente já deve ter ouvido, mas não sabe ao certo o que significa. O termo faz referência ao sentimento de hostilidade manifestado contra pessoas de diferentes culturas e territórios. Estudiosa do assunto, a professora da Universidade Estadual de Feira De Santana (UEFS), na Bahia, Patrícia Navarro, vai destacar cinco coisas que todo mundo precisa saber sobre o tema, entre elas, a importância da aceitação das diferenças culturais.

A existência do trabalho escravo ainda é uma realidade nos dias de hoje, e pesquisadores da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) vão abordar a causa do fenômeno na Baixada Maranhense. A pesquisa também analisa a trajetória de trabalhadores rurais da localidade e os principais mecanismos que possibilitam a saída deles dos seus territórios em busca de trabalho. Flávia de Almeida, pesquisadora da Universidade, faz uma análise sobre o fato que, apesar de ilegal, não está extinto.

Problema comum nas grandes cidades, a poluição sonora é considerada um crime ambiental perante a legislação. Para entender melhor o impacto desses danos, um pesquisador da Universidade Federal do Maranhão (UFMA) constatou que o pouco equilíbrio do ambiente sonoro pode prejudicar, por exemplo, o ensino e a aprendizagem. O programa vai falar da pesquisa, que ainda aponta desafios da educação musical na escola pública.

Também na Bahia, pesquisadores do Instituto Federal Baiano desenvolvem, em parceria com a Polícia Militar, uma ferramenta inédita no Estado: um aplicativo de celular que permite facilitar o registro de ocorrências pela PM. O projeto teve a participação de estudantes e professores do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia Baiano (IF Baiano), na cidade de Guanambi. Ainda em fase de testes, a ferramenta permite agilizar o trabalho da polícia em campo, reduzindo o tempo de execução de uma ocorrência e a manutenção dos registros.

O programa Univerciência tem a participação de instituições de todos os estados nordestinos a partir da parceria entre as universidades e televisões públicas da região. A produção do conteúdo é colaborativa e a veiculação acontece em TV’s públicas, educativas, culturais e universitárias, e nos canais das emissoras e das universidades na Internet.

Onde assistir

Sábado, 19/06, às 14h30, no canal do Youtube da TVE.

Segunda, 21/06, às 10h, no canal do Youtube da TV UFRB.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Academia Brasileira de Ciência Agronômica vai empossar pesquisadores da UFRB

A Academia Brasileira de Ciência Agronômica (ACBA), integrada por alguns dos mais renomados cientistas baianos, vai empossar novos acadêmicos, em solenidade a ser realizada no próximo dia 22, às 15h.

Os pesquisadores da Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), professores e engenheiros agrônomos Amilcar Baiardi e Carlos Alfredo Lopes de Carvalho participam da nova direção da ACBA.

acba pesquisadores
Amilcar Baiardi e Carlos Alfredo Lopes de Carvalho.

Junto com eles, também tomará posse na instituição, o pesquisador e professor Manoel Abílio de Queiroz, da Universidade do Estado da Bahia (UNEB), de onde é professor permanente do Curso de Mestrado em Agronomia: Horticultura Irrigada da UNEB e também da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS) no curso de Pós Graduação em Recursos Genéticos Vegetais.

O professor aposentado da UFRB Amilcar Baiardi, é engenheiro agrônomo, pesquisador na grande área das ciências sociais aplicadas à agricultura. Professor, doutor, é membro da Academia Brasileira de Ciências Agronômicas, da Academia de Ciências da Bahia e da Sociedade Brasileira de Economia, Administração e Sociologia Rural. Em 1997, Baiardi ganhou o Prêmio Jaboti de melhor livro na área de ciência e tecnologia.

O outro integrante da UFRB, Carlos Alfredo Lopes de Carvalho é docente do quadro permanente dos Programas de Pós-Graduação Stricto sensu em Ciência Animal (Mestrado) e em Ciências Agrárias (Mestrado e Doutorado) e Líder do Grupo de Pesquisa Insecta. Engenheiro agrônomo, pesquisador na área de entomologia. Professor, Doutor, participa da Câmara Setorial de Apicultura e Meliponicultura do Estado da Bahia (CSAM), do Comitê Estadual de Sanidade de Abelhas (CESA/BA) e da Rede Baiana de Polinizadores (REPOL). Em 2017 ingressou como Membro Titular da Academia de Ciências da Bahia (ACB). Suas pesquisas são na área de Entomologia Agrícola, Manejo e Saúde das Abelhas, Flora Apícola e Meliponícola, Polinização Entomófila, Palinologia aplicada a estudos entomológicos e Caracterização físico-química-microbiológica-sensorial dos produtos das colônias de abelhas.

Com informações do site da Academia de Ciências da Bahia.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

UFRB inscreve para seleção do Programa Mais Médicos para o Brasil

A Universidade Federal do Recôncavo da Bahia (UFRB), como Instituição Supervisora do Programa Mais Médicos para o Brasil (PMMB) nos municípios de Santo Antônio de Jesus, Valença, Cruz das Almas, Alagoinhas, Ribeira do Pombal, Saubara e Santo Amaro, abre processo seletivo para supervisão médica do PMMB.

As inscrições acontecem até 21 de junho. A inscrição será por e-mail no endereço eletrônico tutoriapmmbufrb@gmail.com.

Poderão participar do processo seletivo médicos que tenham diploma de graduação expedido e/ou validado por uma instituição de ensino superior brasileira e que sejam portadores do registro no conselho profissional.

A bolsa será paga pelo Ministério da Educação no valor mensal de R$4.000,00 (quatro mil reais) para os supervisores médicos selecionados e convocados.

A seleção dos candidatos tem objetivo de cadastro de reserva em caráter classificatório e os candidatos serão chamados conforme necessidade da Instituição Supervisora UFRB. O número de vagas está condicionado ao número de médicos participantes do PMMB lotados nos municípios das regiões de saúde sob responsabilidade da UFRB como Instituição Supervisora, respeitando os parâmetros definidos pelo Ministério da Educação.

Processo de seleção

O processo de seleção será constituído por análise curricular e avaliação de carta de intenção em caráter classificatório. A análise curricular ocorrerá segundo modelo da inscrição e posterior apresentação de documentação comprobatória.

O resultado do processo seletivo, e homologação do candidato serão divulgados no site do Centro de Ciências da Saúde ufrb.edu.br/ccs.

Edital CCS/UFRB nº 02/2021.

Source: UFRB
{$inline_imageX}

Covid: Saiba quem pode se vacinar em 12 capitais brasileiras hoje

<div class="toolkit-image-container media_box full-dimensions677x369">

<div class="toolkit-image-container__edges edges">
<img class="toolkit-image-container__image croppable" src="https://img.r7.com/images/reuters-vacinacao-vacina-covid-19-1500-15062021070312814?dimensions=677×369" title="Mais de 109 milhões de doses foram distribuídas pelo país até o momento
" alt="Mais de 109 milhões de doses foram distribuídas pelo país até o momento
" />
<div class="gallery_link">
</div>

</div>
<div class="toolkit-image-container__info content_image" data-dimensions="677×369">
<span class="toolkit-image-container__caption legend_box ">Mais de 109 milhões de doses foram distribuídas pelo país até o momento
</span>
<span class="toolkit-image-container__credit credit_box ">Carla Carniel/Reuters – 07.06.2021</span>
</div>
</div>

<p>
A vacinação contra a <a href="https://noticias.r7.com/saude/coronavirus" target="_blank"><strong>covid-19</strong></a> prossegue pelo país, com 109,4 milhões de doses distribuídas, segundo o Ministério da Sáude. Até esta segunda-feira (14), o Brasil já havia aplicado 78,1 milhões destas doses.</p>

<div class="toolkit-card-primary mb-7" data-dp6-item=’leiaTambem’>
<div class="toolkit-card-primary__body">
<h6 class="toolkit-card-primary__title">
Leia também
</h6>
<ul class="toolkit-list">
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="https://noticias.r7.com/sao-paulo/estudo-revela-que-variante-indiana-do-coronavirus-nao-circula-em-sp-14062021">
Estudo revela que variante indiana do coronavírus não circula em SP
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="https://noticias.r7.com/sao-paulo/taxa-de-ocupacao-de-utis-esta-acima-de-80-em-14-regionais-de-sp-14062021">
Taxa de ocupação de UTIs está acima de 80% em 14 regionais de SP
</a>
</li>
<li class="toolkit-list__item toolkit-list__item–primary">
<a class="toolkit-list__link" href="https://noticias.r7.com/sao-paulo/moradores-de-sp-e-mg-se-vacinam-contra-a-covid-no-rio-de-janeiro-14062021">
Moradores de SP e MG se vacinam contra a covid no Rio de Janeiro
</a>
</li>
</ul>
</div>
</div>

<p>
O calendário depende da definição de cada município, os quais, normalmente, primeiro aplica os fármacos em pessoas com comorbidades e profissionais das áreas da saúde, educação e segurança.</p>
<p>
<strong>Abaixo, veja como está o ritmo de imunização em 12 capitais brasileiras.</strong></p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Paulo (SP)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital paulista começou na segunda-feira (14) a imunizar pessoas entre <a href="https://noticias.r7.com/sao-paulo/comeca-nesta-segunda-vacinacao-de-pessoas-com-58-e-59-anos-em-sp-14062021" target="_blank"><strong>58 e 59 anos</strong></a> sem comorbidades, e esta faixa etária permanece nesta terça.</p>
<p>
A SMS (Secretaria Municipal de Saúde) recomenda que a ida aos locais de vacinação aconteça de maneira gradual, evitando aglomerações nos postos, e com o pré-cadastro no site <a href="https://www.vacinaja.sp.gov.br/" target="_blank"><strong>Vacina Já</strong></a> preenchido, para agilizar o tempo de atendimento. Basta inserir dados como nome completo, CPF, endereço completo, telefone e data de nascimento para concluir o cadastro.</p>
<p>
Até domingo (13), foram imunizadas 5.607.714 pessoas contra a covid-19 na capital paulista, sendo 3.936.037 com a primeira dose e 1.671.677 com a segunda dose, que concluíram o esquema vacinal.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Rio de Janeiro (RJ)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
No Rio de Janeiro (RJ), serão vacinadas contra a covid-19 as pessoas com 52 anos de idade. As mulheres serão atendidas no turno da manhã, de 8h às 13h, enquanto homens devem ir aos locais de vacinação à tarde, de 13h às 17h. Na quarta-feira (15), serão imunizados os profissionais da educação do Ensino Superior e cursos profissionalizantes. Na quinta (16), será a vez das pessoas com 51 anos serem vacinadas.</p>
<p>
Para receber a primeira dose do imunizante, é necessário levar documento de identificação original com foto, número do CPF e, se possível, a carteira de vacinação. Já para quem recebe a segunda dose, é importante levar o comprovante da primeira aplicação.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belo Horizonte (MG)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Em Belo Horizonte, a vacinação para trabalhadores da saúde de 60 anos ou mais, que começou na segunda (14), assim como para gestantes e puérperas (mulheres até 45 dias após o parto independentemente da evolução da gestação) com comorbidades, continua nesta terça-feira (15).</p>
<p>
Desde sábado (12), os postos de saúde estão vacinando pessoas com 57, 58 e 59 anos sem comorbidades. Os caminhoneiros, entre 18 e 59 anos completos até 30 de junho, registrados ou que trabalham para empresas de Belo Horizonte também têm direito a receber a 1ª dose.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Brasília (DF)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Em Brasília o agendamento da vacinação está disponível para pessoas entre 50 e 59 anos, rodoviários, pessoas com comorbidades e grupos prioritários. Para receber a dose, é necessário agendar data e horário no <a href="https://vacina.saude.df.gov.br/" target="_blank"><strong>site da SES (Secretaria de Saúde)</strong></a> e escolher o ponto de imunização.</p>
<p>
Ao todo, o Distrito Federal vacinou 757.213 pessoas com a 1ª dose e 327.210 já receberam a 2ª dose.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Porto Alegre (RS)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Desde sábado (12), homens e mulheres com 54 anos ou mais sem comorbidades e professores e profissionais da rede de ensino municipal, comunitária, estadual ou privada, bem como de ensino superior ou profissionalizante, podem receber a primeira dose da vacina contra covid-19 na capital gaúcha.</p>
<p>
Além destes grupos, pessoas com mais de 18 anos com comorbidades e deficiências permanentes também podem ser imunizadas.</p>
<p>
Diferente de outras capitais, em Porto Alegre não é necessário fazer um pré-agendamento. Até sexta-feira (11), 567.536 pessoas haviam recebido a 1º dose e 319.068 completaram imunização contra a covid-19.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Curitiba (PR)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A Prefeitura de Curitiba começou nesta segunda-feira (14) a vacinação gestantes e puérperas, professores e trabalhadores da Educação Básica com 38 anos completos ou mais, profissionais de Saúde com registro em conselho de classe, pessoas com deficiência (18 anos ou mais) e pessoas com comorbidades (entre 18 e 59 anos).</p>
<p>
Com anúncio nesta segunda, a capital paranaense vacinará, a partir desta terça (15), professores e demais trabalhadores das instituições de ensino superior, tanto da rede pública quanto da rede privada. Para realizar o pré-cadastro exigido pela prefeitura, acesse o <a href="https://coronavirus.curitiba.pr.gov.br/imuniza-ja" target="_blank"><strong>site Saúde Já</strong></a>.</p>
<p>
Até o momento, 603.520 pessoas receberam a 1º dose e 232.220 a 2º dose, completando o esquema de imunização.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Cuiabá (MT)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Cuiabá continua vacinando todos os grupos prioritários já liberados no PNI (Plano Nacional de Vacinação), além dos trabalhadores da Educação e pessoas sem comorbidades a partir dos 55 anos. Porém, exige que tenham feito o pré-cadastro no <a href="https://vacina.cuiaba.mt.gov.br/" target="_blank"><strong>site da prefeitura</strong></a>.</p>
<p>
No dia da vacinação, a pessoa deve levar o QR Code do agendamento impresso, um documento com foto e o comprovante de endereço de Cuiabá. A pessoa também deve estar com o cartão do SUS atualizado.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Salvador (BA)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A capital baiana vacina hoje pessoas que precisam da 2ª dose de Oxford ou CoronaVac com data programada entre 14 e 24 de junho. A aplicação da 1ª dose para os públicos prioritários foi suspensa nesta segunda-feira (14) e, segundo a prefeitura, retornará “em breve”.</p>
<p>
Os pontos de vacinação por demanda aberta para antecipação da 2ª dose da vacina de Oxford funcionarão das 08h às 16h. Os locais para administração da dose complementar da Coronavac também funcionarão das 08h às 16h. Todos os pontos de imunização entre drives e postos fixos funcionarão exclusivamente para fechamento do esquema vacinal.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">São Luís (MA)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Em São Luís, a vacinação contra a Covid avança por faixa etária. Duas idades têm sido chamadas por dia, e o calendário de vacinação já foi divulgado pela capital maranhense até a próxima quarta-feira (16). Nesta terça-feira (15), serão vacinados os adultos sem comorbidades entre 26 e 27 anoss; na quarta-feira (16), serão vacinadas as pessoas com 24 e 25 anos.</p>
<p>
A Prefeitura de São Luís já abriu o cadastro para pessoas com 18 anos na <a href="https://saoluis.ma.gov.br/vacinasaoluis" target="_blank"><strong>plataforma VacinaSãoLuí</strong></a>s e nos próximos dias anunciará o calendário de vacinação para esse público. Com isso, São Luís deve ser a primeira capital do país a vacinar toda a população adulta contra a Covid-19.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Fortaleza (CE)

</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Na capital cearense a aplicação é feita por agendamento, em ordem decrescente de idade, de pessoas de 59 anos até chegar aos 18 anos. </p>
<p>
A vacinação, que está na 4ª etapa na cidade, já inclui: Forças de Segurança e Salvamento e Forças Armadas; pessoas em situação de rua; população privada de liberdade; funcionários do sistema de privação de liberdade; trabalhadores da educação do ensino básico (creche, pré-escolas, ensino fundamental, ensino médio, profissionalizantes e EJA); e trabalhadores da educação do ensino superior.</p>
<p>
Para fazer o agendamento, o fortalezense deve se cadastrar no <a href="http://no%20sistema%20da%20prefeitura." target="_blank"><strong>sistema da prefeitura</strong></a>. Após a conclusão do preenchimento dos dados, o usuário deve checar o e-mail de confirmação para a finalização dessa etapa.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Belém (PA)</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
A partir desta segunda-feira (14) a Sesma (Secretaria Municipal de Saúde) de Belém avançou com a vacinação por idade de pessoas sem comorbidade. Entre esta terça-feira (15) e quarta-feira (16), serão vacinadas as pessoas de 56 e 57 anos.</p>
<p>
Para receber a vacina é necessário levar CPF, RG, Cartão do SUS e comprovante de residência de Belém. Os postos e pontos de vacinação funcionam das 9h às 17h. Ao todo, Belém já aplicou mais de 540 mil doses, segundo a prefeitura.</p>

<div class="media_box embed intertitle_box">

<div class="content">Manaus (AM)</div>
<span class="author"></span>
</div>

<p>
Manaus realizou no último final de semana um mutirão para vacinar as pessoas 45 a 51 anos no sábado (12) e de 40 a 44 anos no domingo (13). A imunização desse público se estende ao longo desta semana.</p>
<p>
A prefeitura orienta a população a fazer o registro no <a href="https://noticias.r7.com/cidades/veja-quem-pode-se-vacinar-em-12-capitais-brasileiras-nesta-segunda-14062021" target="_blank"><strong>sistema Imuniza Manaus</strong></a> para facilitar o atendimento nos pontos de vacinação. No ato da vacinação, é necessário apresentar documento de identificação original, com foto, CPF e comprovante de residência (original e cópia) que demonstre que o usuário é morador de Manaus.</p>

<div class="media_box embed video_box full-dimensionsundefined" data-name="r7">

<iframe src="https://player.r7.com/video/i/60c7f0baca90844b2300164d" width="640" height="360" frameborder="0" loading="lazy" allowfullscreen></iframe>
</div>
Source: R7 Bahia
{$inline_imageX}